Porto Alegre - Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019
2 Usuários On-Line
Bicho de Rua

Macacos-prego são devolvidos à natureza em Pernambuco

Os macacos foram resgatados nas ações de fiscalização realizadas pela CPRH em todo o Estado nos últimos anos.

Envie por e-mail.

Digite seu nome:
 
Digite seu e-mail:

Envie para um amigo.

Digite seu nome:
 
Digite seu e-mail:


Digite o nome do seu amigo:
 
Digite o e-mail do seu amigo:

Os macacos foram resgatados nas ações de fiscalização realizadas pela CPRH em todo o Estado nos últimos anos.
A Agência Estadual do Meio Ambiente (CPRH) devolveu 11 macacos-prego para a natureza. A soltura foi realizada no município de Exu, localizado no Sertão pernambucano.

Os macacos foram encontrados nas ações de fiscalização realizadas pela CPRH em todo o Estado nos últimos anos. Durante mais de um ano eles foram avaliados pelo centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) e passaram por um processo de adaptação à nova vida em seu habitat. “A gente treinou os animais para esse retorno, mostrando situações que eles iriam enfrentar, incluindo os predadores, para que eles readquirissem o comportamento natural”, explica o biólogo da CPRH Yuri Valença.



O local da soltura foi escolhido estrategicamente para a melhor adaptação dos animais ao ambiente selvagem. A vegetação no local é uma transição entre a caatinga e o cerrado, ideal para o desenvolvimento da espécie.

Nos últimos quatro meses, os animais foram instalados uma estrutura no meio da mata que funciona como um recinto de soltura, usado para facilitar o processo de ambientação com os sons, o clima e os vizinhos que terão após retornarem à natureza.

Os biólogos da agência realizarão monitoramento nos próximos quatro meses. “Essa soltura assistida dá uma segurança maior. Observar o desenvolvimento desses macacos mantém uma estabilidade e garante um sucesso maior de sobrevivência deles à natureza”, afirma o biólogo.

Fonte: Anda News

Confira reportagem sobre o comportamento desta espécie.



Link Relacionado:

http://www.anda.jor.br/20/06/2016/macacos-prego-sao-devolvidos-natureza-em-pernambuco

Tweetar