Porto Alegre - Sábado, 07 de Dezembro de 2019
1 Usuário On-Line
Bicho de Rua

A causa ambiental conquistou um novo aliado: Harrison Ford

Para chamar a atenção do público para a causa ecológica, o ator e também vice-presidente do grupo ambientalista Conservation International depilou o próprio peito.

Envie por e-mail.

Digite seu nome:
 
Digite seu e-mail:

Envie para um amigo.

Digite seu nome:
 
Digite seu e-mail:


Digite o nome do seu amigo:
 
Digite o e-mail do seu amigo:

Para chamar a atenção do público para a causa ecológica, o ator e também vice-presidente do grupo ambientalista Conservation International depilou o próprio peito.

Com o slogan “ Lost There, Felt Here” (perde-se aqui, sente-se ali) o grupo ambientalista Conservation Internacional lançou uma campanha contra o desmatamento. Segundo a campanha, o desmatamento e as queimadas das florestas tropicais são responsáveis pela emissão de pelo menos 20% de todos os gases do efeito estufa que provocam mudanças climáticas.

A verdade é que a importância da floresta amazônica tem nuances que a maioria dos brasileiros nem imagina. Segundo o Projeto Rios Voadores, coordenado pelo engenheiro e ambientalista Gérard Moss, com patrocínio de R$ 3,45 milhões do Programa Petrobras Ambiental e parceria da Agência Nacional de Águas (ANA), o vapor d’água gerado na Amazônia e transportado pelas massas de ar tem impacto decisivo sobre o clima nas demais regiões do Brasil, principalmente sobre o ciclo de chuvas no Sul e no Sudeste.

O estudo revela a existência de uma forte recirculação de água entre a superfície e a atmosfera, causada pela transpiração das plantas que compõem a floresta, o que contribui para os altos níveis de precipitação na Amazônia, que chegam a ultrapassar 2.400 mm/ano.

Por isso, de acordo com Moss, a destruição da floresta provoca alterações, ainda difíceis de quantificar. “Uma árvore de grande porte coloca cerca de 300 litros de água por dia na atmosfera. Isso não atinge somente a Amazônia, mas todas as outras regiões para onde a água é transportada pelos ventos. Tivemos no Brasil cerca de 600 mil quilômetros de terras desmatadas nos últimos 30 anos. Ainda não sabemos mensurar com precisão qual o impacto sobre o clima”, afirmou.

Confira aos vídeos de Harrison Ford e do megaempresário inglês Richard Branson, que também se aliou à causa.









COMO AJUDAR

- Divulgue estes vídeos e informações entre seus amigos.

- Se você é professor, promova debates sobre o assunto em sala de aula.

- Não consuma produtos com origem duvidosa como carne e madeira que podem vir de área ilegais da Amazônia. Esses produtos podem parecer mais baratos, mas tem um alto custo ambiental que afeta todos nós.

 


Link Relacionado:

http://www.conservation.org/

Tweetar