Porto Alegre - Terça-feira, 18 de Dezembro de 2018
1 Usuário On-Line
Bicho de Rua

Coelhos. Antes de adotar saiba mais sobre guarda responsável

Os coelhos podem viver até 10 anos, são afetuosos e precisam ser recebidos como membros da família.

Envie por e-mail.

Digite seu nome:
 
Digite seu e-mail:

Envie para um amigo.

Digite seu nome:
 
Digite seu e-mail:


Digite o nome do seu amigo:
 
Digite o e-mail do seu amigo:

Os coelhos podem viver até 10 anos, são afetuosos e precisam ser recebidos como membros da família.

Nessa época do ano que antecede a Páscoa, além do usual contato com cães e gatos, as crianças se deparam com imagens de coelhos por toda a parte. Isso pode gerar um pedido aos pais: um bichinho de estimação.

Nesse momento é preciso ter em mente que qualquer animal demanda cuidados e, além de ser crime, abandoná-lo mais tarde seria crueldade. Ou seja, não somente a criança, mas todos os membros da família devem estar interessados em recebê-lo. Relembrando que cães vivem em média 12 anos, os gatos 15 e coelhos podem chegar a até 10 anos de idade.

Coelhos são animais dóceis e adaptam-se bem ao ambiente doméstico. Se a criança já tiver idade suficiente para entender que um animal possui necessidades semelhantes a de um ser humano e os pais estiverem dispostos às responsabilidades, seguem algumas dicas quanto aos cuidados a serem tomados com esse novo membro da família:

- VACINAS E ESTERILIZAÇÃO: todos os anos o animal precisa ser vacinado contra a raiva. A castração, além de evitar filhotes indesejados, torna o animal mais calmo (e consequentemente menos destrutivo). É preciso reservar uma parte do orçamento da família para visitas ao veterinário e procedimentos que ele irá recomendar;

- ESPAÇO: os coelhos podem viver em gaiola (forrada na base para não machucar as patas), desde que haja espaço suficiente para eles se movimentarem, mas isso não exclui a necessidade de soltá-los ao menos uma vez ao dia (por no mínimo duas horas). O animal precisa caminhar para manter seus músculos, e também o seu psicológico, saudáveis. Caso eles tentem roer objetos, um pouco de pimenta tabasco irá afastá-los;

- ALIMENTAÇÃO: além da ração especial para coelhos, os roedores agradecem legumes e verduras nas suas refeições. Porém evite alface, espinafre, couve-flor e batata. É preciso atenção também na quantidade dada, já que restos em processo de deterioração podem lhes causar diarréia. Água limpa também, todos os dias;

- CUIDADOS GERAIS: coelhos adoram receber e dar carinho, mas são tímidos. Quando o seu começar a se sentir seguro, segure-o com uma mão pela barriga e com a outra as patas traseiras. Nunca o pegue pelas orelhas, isso causa luxação. Eles aprendem a fazer as necessidades no lugar que o dono estabelecer assim como um cão, só é preciso paciência e um pouco de treinamento até que o seu se acostume. E por fim, nunca dê banho no coelho, pois isso pode gerar infecção nos ouvidos.

Como um coelho bem tratado pode conviver feliz no ambiente doméstico:



Antes de comprar um animal, seja coelho, cão ou gato, lembre que há MUITOS PRECISANDO DE ADOÇÃO e do seu carinho.

 


Link Relacionado:

http://migre.me/4b3a6

Tweetar