Porto Alegre - Sábado, 07 de Dezembro de 2019
1 Usuário On-Line
Bicho de Rua

Pipoca, mais uma vítima das fábricas de filhotes

A Pipoca é uma filhote de pitbull que, até semana passada, nunca tinha andado. Não porque ela tinha problema nas pernas, mas porque ela vivia presa em uma jaula minúscula.

Envie por e-mail.

Digite seu nome:
 
Digite seu e-mail:

Envie para um amigo.

Digite seu nome:
 
Digite seu e-mail:


Digite o nome do seu amigo:
 
Digite o e-mail do seu amigo:

A Pipoca é uma filhote de pitbull que, até semana passada, nunca tinha andado. Não porque ela tinha problema nas pernas, mas porque ela vivia presa em uma jaula minúscula.

"Estou enviando a história da Pipoca para vocês terem conhecimento. É uma pena ter que acompanhar de mãos atadas a impunidade que rege o comércio de animais em Londrina. Se puder enviar esta historia aos seus contatos, ficaria muito agradecida, pois estamos procurando um lar para ela. Também quero que a história sirva como um alerta real do porque não devemos nunca apoiar pet shops que vendem animais. Obrigada desde já! Bianca e Álvaro".

A Pipoca é uma filhote de pitbull que até semana passada nunca tinha andado. Não porque ela tinha problema nas pernas, mas porque ela vivia presa em uma jaula minúscula. Ela estava à venda em uma loja de animais, mas não teve a sorte de ser levada logo. Foi crescendo, crescendo, e a gaiola ficando cada vez menor. Pipoca passou 5 meses dentro desta gaiola, sem nunca ter andado, em um porão escuro, sem nunca ter sentido o calor do sol.

“Puxa, mas ela até que está bem nesta foto!”. Bem, a foto da direita foi tirada após uma semana longe do inferno de onde saiu. A foto da esquerda foi tirada no dia em que ela deixou o pet shop.

As patas estão deformadas porque ela não conseguia andar dentro de sua jaula minúscula. Vendo-a neste estado, o dono da loja resolveu que ela não iria servir para nada, e pediu para que a sacrificassem.

Por sorte isso não aconteceu e ela veio parar em nossas mãos.

Não fizemos nenhum esforço hercúleo para deixá-la melhor: apenas água, comida, espaço para andar (as patinhas estão voltando a “se levantar”), carinho e medicamentos.

Sim, ficamos revoltados. Mas ficamos ainda mais revoltados porque sabemos que este não é um caso isolado.

Fabricantes de animais não gostam de animais. Eles só gostam do dinheiro que os animais proporcionam.

A Pipoca é uma pequena amostra do que milhares de animais precisam suportar estando na mão de gente assim. E bem, ela ainda representa uma ínfima parcela dos animais que tiveram sorte.

Para cada filhote fofinho na vitrine do pet shop, existe uma Pipoca sofrendo no porão.

Pelas dezenas de milhares de Pipocas de todas as raças que sobrevivem em jaulas minúsculas dia após dia nas fábricas de filhotes, nos fundos de quintais, nas chácaras de fabricantes de animais, pelas Pipocas que são sacrificadas e descartadas como lixo sem que nunca cheguemos a saber… nós pedimos: Jamais compre, suporte ou apóie a venda de animais em pet shops, jornais, internet e feira de filhotes. Este comércio sujo só irá acabar quando nós pararmos de comprar.

PARA SABER MAIS LEIA ESTAS MATERIAS TAMBÉM

Fábricas de Filhotes. Vamos lutar contra esta indústria?

Investigando as Fábricas de Filhotes

Para conhecer o trabalho da Ong Vira Latas de Raça, clique no link abaixo.

 


Link Relacionado:

http://www.viralatasderaca.com.br/

Tweetar