Porto Alegre - Quinta-feira, 21 de Março de 2019
1 Usuário On-Line
Bicho de Rua

Bicho é um dos presentes mais pedidos, mas eles não são brinquedo

Animais requerem cuidados especiais e dão despesas e muito trabalho. Por isso, é importante pensar bem antes de tomar a decisão.

Envie por e-mail.

Digite seu nome:
 
Digite seu e-mail:

Envie para um amigo.

Digite seu nome:
 
Digite seu e-mail:


Digite o nome do seu amigo:
 
Digite o e-mail do seu amigo:

Animais requerem cuidados especiais e dão despesas e muito trabalho. Por isso, é importante pensar bem antes de tomar a decisão.

É difícil resistir ao pedido de um filho que sonha com um animalzinho em casa.

Mas o animal não é um brinquedinho: requer cuidados especiais e dá muito trabalho e despesas. Por isso, é importante pensar bem nessa decisão. Se a criança é pequena, cachorro ou gato podem não ser boas opções. Mas é difícil resistir aos apelos e àqueles olhinhos pidões.

A loja é um parque de diversão para as crianças. Encantadas, elas tentam convencer o pai da necessidade de ter um bichinho em casa. “Acho que eu vou levar um hamster”, diz Josué Chung.

“Estou negociando com eles, talvez sim, talvez não. Estou tentando ver que animais se adaptam bem para eles",diz o administrador Christian Chung.

O técnico em mineração Danilo Vieira trouxe Gabrielli, de 4 anos, para escolher um cachorrinho. “Eu quero”, afirma a menina. “Já tem um tempo que ela vem pedindo, mas ela era muito pequena. A gente esperou um pouco até para conseguir realmente cuidar e tomar conta do cachorrinho”, conta o técnico Danilo Vieira.

"Vai dar trabalho, vai fazer xixi, vai fazer as necessidades dele, ele vai querer comer no horário certinho, ele vai latir na hora que quiser comer. Então é um animal que dá trabalho e alegria”, explica a veterinária Valéria Pires Correia.

Prestar atenção em alguns detalhes é muito importante para escolher bem. Para crianças com menos de 6 anos e para quem mora em apartamentos, o melhor são cachorros de pequeno porte.

“O shitsu, o lhasa, o teckel, o pequenês são raças de animais que se adequam muito bem a crianças pequenas. Às vezes a criancinha de 4 ou 5 anos gosta de apertar o cachorrinho. Então, não pode ser uma raça muito sensível”, completa a veterinária.

Para crianças com mais de 6 anos, valem tanto os pequenos quanto os grandes, desde que não sejam agressivos.

“A gente evita raças como o chow-chow, o sharpei, o pitbull ou o bull terrier que são raças que são muito fortes, muito grandes."

Outros animais também agradam a qualquer idade: o porquinho da Índia e os hamsters não dão muito trabalho. Os peixes encantam, mas não interagem. A calopsita é mansinha, e os coelhos fazem muita sujeira e é preciso estar preparado.

“Ele é tão fofinho, ele gosta de carinho, mas tem que trocar todo dia, dar comida, limpar gaiola e dar cenoura”, avisa Kainá Spyridion, de 10 anos.

O empresário Naldo Ferreira já escolheu um labrador. “Meu filho está querendo, eu também queria um cachorro, estou com o quintal grande e tudo mais”, diz Naldo.

Ainda de acordo com a veterinária Valéria Pires Correia, os gatos não são muito indicados como bichinhos de estimação para crianças pequenas. Se a criança aperta o animal, por exemplo, ele pode arranhar para se defender, mas é um ótimo bicho para quem já tem mais idade e mais responsabilidade.

NOTA DA REDAÇÃO: não comprem animais e não os escolham por raça. Uma adoção, deve ser uma escolha de AMOR e é PARA TODA A VIDA. Lembrem-se abandono nunca é uma opção.

 


Link Relacionado:

http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2010/12/bichinho-de-estimacao-e-um-dos-presentes-mais-pedidos-neste-natal.html

Tweetar